Buscar
  • Beon Comunicação

Assuntos polêmicos - minha empresa deve se posicionar?

Atualizado: 4 de Set de 2020

"Nada é tão ruim que não possa piorar", 2020 veio para reafirmar essa frase, a cada momento que a gente pensa "ok, agora já deu!", acontece mais alguma novidade que nos deixa incrédulos.


É polêmica atrás de polêmica e a sensação que nos dá é a de que nossas mãos estão atadas diante de tudo o que vem acontecendo. É uma mistura de indignação e impotência.


Mas vamos falar a verdade: tudo o que estamos vivendo este ano sempre existiu. Racismo, fascismo, egoísmo, agressões às mulheres, abusos sexuais, homofobia, abuso de poder, corrupção, falta de caráter político, maus tratos aos animais…


A grande diferença é que graças a era digital as informações e opiniões se propagam na velocidade da luz. Nós temos voz, lugar e a possibilidade de realmente fazer algo.

Justamente por isso precisamos ter muito cuidado com o conteúdo que consumimos e cuidar com a credibilidade da fonte de informação e opiniões, afinal, esse mundo vasto de possibilidades vem tanto para nos ajudar quanto nos prejudicar.


Com todo esse cenário de certezas, incertezas e possibilidades, fica a questão: minha empresa deve se posicionar diante de assuntos tão polêmicos?


Devolvo essa pergunta com outra: você, sua empresa e a cultura organizacional acreditam nesse posicionamento. Ou você só quer seguir o fluxo porque todo mundo está se posicionando?


Pergunto isso porque, NÃO, você não precisa ter opinião para tudo. Está tudo bem sua empresa não querer se posicionar se não faz sentido aos valores.

E caso seu posicionamento seja apenas para seguir o fluxo não será natural, o que será muito pior para a imagem da sua empresa. Entenda:


Se você faz conteúdos sobre preservação ambiental, mas dentro da sua empresa e da sua casa você não separa o lixo, não evita o uso de plásticos e ainda não utiliza papéis recicláveis, seu posicionamento vai para o buraco e você acaba prejudicando a marca por tentar parecer algo que não é.


Agora se o seu posicionamento vai de encontro com a sua verdade, suas crenças e lutas. Se você acredita que o que você tem a dizer irá incentivar as pessoas que estão a sua volta a tomar atitudes positivas diante dos acontecimentos. Se você tem a oportunidade de fazer desse mundo um lugar melhor, não pense duas vezes, apenas faça, se posicione!



"Mas e as chances de perder clientes que vão contra o posicionamento da empresa?"


Você vai perder clientes que não concordam com o posicionamento da empresa. Isso é fato!

Outro fato: você irá atrair os clientes CERTOS, os clientes que são gratos, reconhecem e geram valor para a empresa.

São eles que irão defender sua marca até o fim e que farão novas vendas para você - lembra que o melhor marketing do mundo é o boca-a-boca?


Breve estudo de caso:


A Natura é uma empresa que com certeza você conhece, ainda nesse clima de afirmação digo que as chances de você nunca ter utilizado um produto Natura são de 0%.

"Nunca comprei nada" ok, mas já consumiu.


Para a campanha de dia dos pais deste ano, a empresa contratou o Thammy Miranda. Não sei se você está familiarizado com o nome, mas o Thammy é conhecido por ser filho da Gretchen, é um homem transsexual e pai do Bento de 6 meses.

Por conta desta campanha tanto o Thammy quanto a Natura sofreram diversos ataques transfóbicos.


Diversos clientes ficaram revoltados com o posicionamento da empresa e alegaram que jamais comprariam novamente. Em contrapartida, diversos influenciadores defenderam a marca, movimentando milhões de seguidores a fazerem o mesmo.

Em meio a polêmica e a crise economia, a empresa que já valia mais de 26 bilhões de reais, sendo uma das mais valiosas do ramo, conseguiu subir suas ações em 6,47% na bolsa de valores


Mas, mais importante que números, a Natura sempre foi e sempre será lembrada por ser a marca que luta pelo o que acredita e busca representatividade.

A cada posicionamento, ela perderá consumidores, mas irá fidelizar cada vez mais os clientes certos.


E ai, você ainda acha que não vale a pena se posicionar por medo de perder clientes?


A vida pessoal e o mundo dos negócios funciona da seguinte maneira: você nunca irá agradar a todos, e está tudo bem. O que importa é você ser fiel ao que você acredita, levantar suas bandeiras e entregar valor ao seu cliente.


61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo