Buscar
  • Beon Comunicação

Por que o funil de vendas é tão importante? Descubra aqui.

Se você chegou até aqui é porque certamente o FUNIL DE VENDAS te despertou um certo interesse, não é mesmo? É por isso que, neste artigo, iremos te explicar um pouco sobre como ele atua e quais são as suas divisões. Confira a seguir.


Bom, primeiramente, compreenda que o funil de vendas é uma das principais ferramentas do marketing, pois esta estratégia visa representar toda a trajetória de um possível cliente, que vai desde o primeiro contato até que ele feche negócio e o seu objetivo como marca seja atingido.


Geralmente, este FUNIL DE VENDAS é dividido em 3 partes, sendo: topo, meio e fundo; e dentro de cada uma dessas divisões, ainda existem outros atributos e etapas que compõem a trajetória do cliente.


Agora, vamos entender melhor estas divisões e os motivos que as tornam tão importantes e eficazes para as estratégias de vendas? Acompanhe.


Topo do Funil: nesta fase costumamos chamar de “etapa de conscientização”. Afinal, é aqui onde iremos inserir aquelas pessoas que nunca tiveram contato com sua marca ou que a descobriram a pouco. Trata-se dos visitantes e até mesmo curiosos que chegaram até você por acaso, e por este motivo, estão bem afastados da decisão de compra.


Sendo assim, no TOPO DO FUNIL o objetivo central é ser notado, educar e despertar o interesse destes possíveis clientes, através de conteúdos ricos, como blog post, publicações em redes sociais, entre outros. Ou seja, neste momento o marketing de conteúdo será a peça-chave.


Meio do Funil: aqui, estão as pessoas que já conhecem os produtos e os serviços que sua marca oferece, mas que mesmo assim, possuem algum “bloqueio” em relação à compra. Nesta fase do funil, é importante esforçar-se ao máximo para que estes visitantes se tornem leads.


É por isso que, o MEIO DO FUNIL exige conteúdos mais informativos e atrativos que aqueles elaborados lá no TOPO, pois as pessoas que se encontram nesta etapa, sabem que a sua empresa atende as necessidades delas, mas ainda falta algo que as convença a efetuar a compra.


Materiais muito interessantes e estratégicos que podem ser utilizados nesta fase são: e-books, newsletters personalizadas e blogs posts.


Fundo do Funil: finalmente, chegamos ao pessoal que está preparadíssimo para fechar negócio. Aqui, o lead toma a decisão final, coloca o seu produto/serviço no carrinho e, enfim, torna-se um cliente.


Contudo, esta etapa não descarta um auxílio extra. Neste caso, invista sem medo em conteúdos que tragam características específicas sobre a sua marca, conte os motivos que o tornam destaque entre os concorrentes e os atribua a todas as técnicas capazes de fidelizá-los.


Concluindo a importância do FUNIL DE VENDAS:


Sem dúvidas, agora que você entendeu um pouco mais sobre esta incrível estratégia do universo do marketing, não fica difícil identificar o porquê a sua empresa precisa do funil de vendas. Afinal, além dele permitir que você conheça, atraia e retenha as pessoas certas, ele ainda irá garantir que elas sempre escolham a sua marca sem pensar duas vezes.


Agora que você já está antenado, que tal começar a organizar seus clientes nele e direcionar seus conteúdos? Caso precise de ajuda com este processo, não deixe de procurar por uma agência de marketing digital que domine este assunto.


Entre em contato conosco hoje mesmo e conte com a expertise da Beon.




4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo